A ambição de posicionar Portugal como referência global em crescimento verde requer atuações a múltiplos níveis, por exemplo em termos da internacionalização de empresas e sectores “verdes”, do aumento da exportação de produtos e serviços associados, da promoção de Portugal nos mercados externos mais relevantes face ao perfil em causa e ainda atuações ao nível da promoção da “marca Portugal”, associando-a a valores “verdes”.

Portugal apresenta um conjunto de recursos e oportunidades associadas ao crescimento verde, que podem ser potenciadas e promovidas para atrair investimento. No atual momento de mudança política e económica – enfoque no desenvolvimento – existe a oportunidade de afirmação externa do país, transmitindo confiança em torno de reformas estruturais e investimento seletivo nas áreas do crescimento verde.

O plano estratégico de ação externa do Compromisso para o Crescimento Verde estará focado na interligação com as principais instituições internacionais e movimentos semelhantes aos do CCV noutros países, regiões e macro-regiões.

Visa assegurar uma presença efetiva nos fóruns económicos e políticos e o posicionamento de Portugal como país líder deste renovado modelo de desenvolvimento a nível internacional, fomentando parcerias internacionais, captando investimento de qualidade, e retendo, criando e atraindo talentos.

Ambiciona ainda contribuir para tornar o CCV uma referência de política pública global, partilhando melhores práticas e desenvolvendo projetos em comum com outros países e entidades supra-nacionais.

Criar campanha para posicionar Portugal como referência global em crescimento verde

Tendo em conta as vantagens nacionais em matéria de crescimento verde, esta iniciativa, associada à marca Portugal (numa perspetiva de “nation branding”), visa desenvolver um conceito de comunicação que projete Portugal como líder mundial no crescimento verde com os objetivos de:

  • Contribuir para a internacionalização de empresas e sectores;
  • Reforçar a atratividade nacional, especialmente nos domínios e sectores mais associados ao crescimento verde;
  • Aumentar a notoriedade positiva do País e projetar uma imagem externa mais sustentável;
  • Criar um quadro integrado de comunicação e promoção estratégica que articule de forma eficaz diversos instrumentos, nomeadamente: portal de internet; vídeos de promoção e inspiração; ações de diplomacia económica; materiais de comunicação e promoção; portfólio de investimento; ferramenta informática de inteligência económica; parcerias estratégicas; entre outros.

De referir que esta abordagem, mais no âmbito da promoção e comunicação, contribui para a internacionalização da “economia verde” portuguesa, sendo complementar a outros instrumentos e investimentos.

O Compromisso para o Crescimento Verde estabeleceu 2 iniciativas PI no âmbito do Catalisador Promoção Internacional:

  • Desenho e implementação de um plano estratégico de ação externa do Compromisso para o Crescimento Verde, focado na interligação com as principais instituições internacionais e movimentos semelhantes, assegurando a presença nos fóruns económicos e políticos (PFA: Secretariado Executivo do CCV);
  • Campanha de comunicação – Posicionar Portugal como líder mundial no crescimento verde (PFA: SG MAOTE).